doença cardíaca hipertensiva e gravidez

conteúdo

  • Mulher-hipertensiva: a gravidez possível?
  • Características de vigilância
  • Complicações da gravidez
  • Isso depende da gestante

  • Mulher-hipertensiva: a gravidez possível?

    Na vida de cada pessoa há momentos em queVocê pode se preparar e para o qual você pode se lembrar toda a minha vida. Este marco dividindo o nosso modo de vida no "tempo antes" e "depois". Não há dúvida de que quase toda mulher torna-se um nascimento marco da criança desejada. Eu quero que ele nasça saudável e forte, tem crescido a feliz, a viver um longo tempo ... Se uma mulher é saudável, lindo sonho para perceber que não está obstruído. Mas e se uma mulher sonha com uma criança com hipertensão? Sem dúvida, hipertensão e gravidez - não é a melhor combinação. Ainda assim, tentar compreendê-lo, porque prevenido - significa armado.

    Basta dizer o principal - e a possibilidade de realizarnascimento de um bebê saudável a uma mulher que sofre de hipertensão, na maior medida depende do estágio da hipertensão. Na terceira etapa (grave) da gravidez hipertensão é absolutamente contra-indicado. Observe novamente: não entrega, ou seja, a gravidez, porque o aborto é a terceira etapa da hipertensão muito perigoso para a vida de uma mulher. Na segunda fase (meio) de hipertensão, gravidez e parto são possíveis, mas apenas se a mulher antes da gravidez não era crises hipertensivas e sem complicações no coração e rins. O primeiro estágio de hipertensão (leve) não é um obstáculo à gravidez e ao parto. A questão da continuação da hipertensão gestacional deve ser resolvido na primeira visita ao cardiologista após a gravidez.

    Características de vigilância

    doença cardíaca hipertensiva e gravidez Claro que, qualquer fase da hipertensãoEle pode ter um impacto sobre o decurso da gravidez. Portanto, as mulheres grávidas devem procurar imediatamente não só para o ginecologista, mas também para um cardiologista e visitá-lo regularmente. O exame cardiológico gestante com hipertensão inclui a medição regular da pressão arterial, ECG realizar estudos a cada duas semanas para fazer a análise de determinação de proteínas na urina.

    Em adição à pesquisa futura mãe, é claro,realizou exames regulares do feto, o que inclui o exame de ultra-som de série do crescimento fetal e avaliação pré-natal de sua condição. O cardiologista prescritos com mulheres grávidas que sofrem de hipertensão, os principais pontos relacionados com a mudança em seu estilo de vida, dieta, atividade física, etc. Além disso, o médico irá determinar quais os medicamentos a partir desses pacientes com hipertensão tomar antes da gravidez, é necessário, nesta nova etapa da sua vida, e que deve ser substituído para evitar os efeitos nocivos sobre o feto. Também é necessário considerar que, durante as fases iniciais da gravidez em pacientes com hipertensão, a pressão sanguínea é reduzida por si só. Embora às vezes vice-versa: a gravidez é uma situação estressante para uma mulher, especialmente dado à luz antes, pode causar um aumento na pressão. Às vezes, o diagnóstico de hipertensão, pela primeira vez colocar a mulher é durante a gravidez.

    Complicações da gravidez

    Na doença hipertensiva em 60% dos casosgravidez complicada por intoxicação atrasado com o vazamento grave. Uma mulher grávida que sofre de uma dor de cabeça, ele pode aparecer visão turva. No entanto, as complicações mais graves de hipertensão durante a gravidez são uma hemorragia cerebral e descolamento da retina. No entanto, evitar o desenvolvimento de complicações da hipertensão durante a gravidez é possível com observação constante e cuidadosa do cardiologista e um ginecologista-obstetra, uma gravidez líder. Quando a pressão arterial alta, crise hipertensiva ocorre, os sintomas de intoxicação tarde, a deterioração persistente da saúde das mulheres grávidas com hipertensão deve ser imediatamente direcionado para o tratamento.

    Mesmo com um curso favorável da gravidez,pacientes com hipertensão devem ser entregues na maternidade por 2-3 semanas antes da data prevista de nascimento. Genera à hipertensão é muitas vezes complicada por tanto a mãe quanto para a criança. No primeiro caso, o fornecimento é levada a terapia anti-hipertensiva para a mulher, e a segunda monitorização fetal contínua. Em alguns casos, uma cesariana é mostrado, por vezes, necessária para provocar o nascimento prematuro.

    Isso depende da gestante

    No entanto, como já foi mencionado, a forma mais brandaA hipertensão não é uma barreira para a gravidez, ea força da mulher fazer muito para a sua saúde ea saúde do bebê futuro. As recomendações gerais são os mesmos: a eliminação completa ou quase completa de sal da dieta, refeições completas e claras com produtos naturais, caminhadas regulares, atividade física moderada, bom descanso e sono, a situação favorável em casa. Devo dizer que, entre os listados no item que não incluído na lista de dicas para as mulheres grávidas perfeitamente saudáveis. E mais uma coisa, não menos importante de todos. Uma mulher grávida deve sempre lembrar que ela pode dar à luz a um bebê saudável. E ter a certeza de que ela irá fazê-lo, não importa o quê. Houve momentos em que era a confiança da mãe manteve a criança ea vida e saúde.

    Mas não devemos esquecer que a vida após o nascimentoa criança está apenas começando. A mãe, que sofre de hipertensão, história familiar transmite-a para o seu filho. Assim, desde a mais tenra idade é necessário tomar medidas preventivas para evitá-lo no futuro desenvolvimento da hipertensão.

    Deixe uma resposta