Gravidez após cesariana

Nova gravidez após cesarianaEles planejam cerca de 30% das mulheres, como a este contra-indicações específicas sem excepção que, por vezes, tais gravidez acompanhado com algumas dificuldades. O melhor momento para re-concepção - em 3 anos, este tempo suficiente para fazer o corpo de uma mulher se recuperou após a cirurgia e cicatrizes no útero curado.

Indicações de cesariana

gravidez segunda gravidez, parto cesáreo, complicações durante o parto, indicação de cesariana de uma criança

De acordo com estatísticas obstétricas, cerca de 15% de todas as gestações terminam cesariana. Este indicador é maior em clínicas voltadas para entregas complexas por causa de complicações da gravidez aumenta a probabilidade de que a futura mãe não pode dar à luz a si mesmo.

cesariana é executada para um certo número de razões:

  1. pelve estreita demais mães.
  2. pré-eclâmpsia grave no último trimestre de gravidez.
  3. As mulheres tribais redução da atividade.
  4. placenta prévia.
  5. Se o ultra-som mostra defeitos no desenvolvimento fetal.
  6. infecção progressiva dos órgãos genitais.
  7. doença da mãe Neuropsychiatric.

gravidez segunda gravidez, parto cesáreo, complicações durante o parto, indicação de cesariana de uma criança

Os preparativos para a segunda gravidez após a cirurgiaentrega artificial é a proteção integral e uso de contraceptivos. O útero deve ser sozinho para feridas cicatrizadas, e tornou-se um forte tecido conjuntivo.

O tempo mais ideal para uma nova ofensivagravidez - é de 2-3 anos. Além de a gestante deve ganhar nova energia, também é necessário para reconstruir as fibras musculares do útero e formar cicatriz duradoura. uma nova concepção de planejamento deve seguir o plano geral, ea mulher devem aderir às seguintes condições:

  • Frequent anda no ar fresco;
  • observância do sono;
  • que, após a cesariana para aumentar o tom das costas e músculos abdominais precisa fazer yoga, fitness, natação;
  • dieta diária deve incluir frutas, legumes, alimentos ricos em cálcio, fósforo e ferro;
  • consultas e exames ginecologista deve tornar-se regular.

Antes de voltar a conceber uma criança apóscesariana, os parceiros devem ser plenamente examinada por um ginecologista e um urologista, para passar os testes necessários, que teoricamente podem interferir no desenvolvimento fetal normal.

Uma vez que em alguns casos a nova gravidezapós a COP pode levar um certo risco da mãe e da criança, a mulher precisa explorar ainda mais a condição da cicatriz no útero usando histerografia, histeroscopia e sensor de ultra-sonografia intravaginal.

Histerografia é um procedimentoinspeção de solda de raios-X é levada a cabo, e não é mais cedo do que 6 meses após a cirurgia rodorazreshayuschey. Histeroscopia, por sua vez, permite que você inspecione visualmente o conjunto usando um endoscópio. Esta manipulação só devem ser realizados ao longo do ano.

No exame, o médico deve estar completamente certo de que a cicatriz na parede do útero é o suficiente para suportar a pressão de espessura e não explodiu.

Gravidez após cesariana

gravidez segunda gravidez, parto cesáreo, complicações durante o parto, indicação de cesariana de uma criança

Durante engravidar com cuidadoPrecisamos monitorar a condição da junta, enquanto que suspeita tecido discrepância deve ser imediatamente enviado para o hospital. É necessário aplicar de forma prudente para o seu corpo, porque se você estiver indo para dar à luz a si mesmo, a cicatriz deve estar em boas condições.

Depois de sofrer uma posterior cesarianaGravidez não exclui a ocorrência de complicações, e cada terceira mulher é exposta à ameaça de interrupção da gravidez. A complicação mais comum, neste caso, é a baixa posição da placenta.

Uma das características de um tal gravidez é uma posição errada do feto, e mulheres após a criança CS é geralmente colocado na posição lateral.

Aqui estão os perigos que estão à espera para a mulher durante a gravidez:

  • o fracasso da cicatriz. Que se manifesta por dor no abdômen e região lombar;
  • ruptura uterina. Geralmente ocorre quando errado durante incisões cirúrgicas foram feitas.

cesariana movida também pode provocar tais complicações da gravidez:

Com tal uma gravidez devem ser rastreados com frequência para um aparelho de ultra-som, especialmente nos casos em que uma mulher tem gêmeos ou trigêmeos.

Gravidez após cesariana sempreIsso significa que o parto em casa é proibido. Além disso, qualquer ginecologista adequada simplesmente não vai permitir isso, porque esses fornecimentos podem resultar em complicações imprevistas.

Mulher gravida com uma costura em um útero deve terestar no hospital na 35ª semana de gestação o bebê. Antes do nascimento é normalmente de descarga prematura de líquido amniótico, e após o parto - problemas com a placenta.

Como obstetras dizem que uma menina pode dar à luzvaginalmente, se a espessura da costura sobre o útero é, pelo menos, 4 mm. Deve ser entendido que, se durante o parto é algo correr mal, a operação não pode ser evitado. anestesia peridural durante o parto é contra-indicada, uma vez que o processo requer acompanhamento constante por parte das mães.

Nascimentos após cesárea

gravidez segunda gravidez, parto cesáreo, complicações durante o parto, indicação de cesariana de uma criança

Para dizer exatamente como o processo será realizadoentrega: natural ou cirúrgico, o médico pode única e exclusivamente no período de 33 a 35 semanas de gestação. Como as estatísticas médicas, cada quarta mulher pode dar à luz a si mesmo depois de sofrer uma cesariana.

Trabalho realizado sem estimulação, de modo a não perturbar a integridade do órgão reprodutor. Em alguns casos, as indicações para reoperação foram:

  1. demais gravidez precoce, 6-12 meses após o COP, quando a costura não teve tempo para arrastar.
  2. Gravidez após a segunda cesariana.
  3. COP corporal.
  4. Idade de mães com idade superior a 30 anos.
  5. Se a cicatriz no útero provocou a posição baixa da placenta.
  6. Descolamento ou placenta acreta.

Estes sintomas são impossível prever até que o próprio nascimento. Quando tais sintomas aos médicos nenhuma escolha mas para realizar a operação em nome de salvar a criança.

A principal razão para o fracasso de parto naturalapós a COP é o medo de rotura uterina. De fato, a percentagem de mulheres que tomaram o fosso é apenas 0,2% do total. Além disso, a vida ea saúde da mãe com um bebê recém-nascido não está ameaçada. Além disso, a ameaça de uma possível ruptura detectada com sucesso em ultra-som.

cesariana é recomendado que não mais de três vezes, e cada operação subsequente é cada vez mais a drenagem da parede uterina.

Recomendações de médicos durante a gravidez após a COP:

  1. gravidez precoce (menos de 6 meses) requer um controle ginecológico constante.
  2. Na semana trigésimo da gravidez é necessário determinar os possíveis riscos que podem ocorrer durante o parto.
  3. A partir da 35ª semana precisa visitar o médico com mais frequência e monitorar a condição da cicatriz no útero.
  4. É estritamente proibido para levantar objetos pesados, incluindo uma criança mais velha ou um carrinho de bebê.
  5. A escora de suporte é necessária a fim de reduzir a tensão no suporte traseiro inferior e do abdómen.
  6. Se você tem uma cicatriz no útero é o ganho de peso extremamente indesejável. Cuide da sua dieta.
  7. Tente evitar longas viagens, viagens e stress.

Cuide de sua saúde, manter uma medida eestilo de vida descontraído, sem cargas adicionais. MirSovetov recomenda mulheres planejando uma gravidez depois de uma cesariana, cuidar de si mesmo e ouvir o seu corpo. Isto irá contribuir para uma gravidez saudável e entrega fácil.

Deixe uma resposta